terça-feira, 23 de julho de 2013

JMJ é aberta oficialmente diante de 600 mil peregrinos


Logo após a Missa de Abertura da Jornada Mundial da Juventude Rio2013, realizada em Copacabana, uma coletiva de imprensa foi organizada pelo Setor de Comunicação do Comitê Organizador Local (COL), no Media Center da JMJ Rio2013. Acompanhado do Diretor do Setor, Padre Márcio Queiroz, o Porta-Voz do Vaticano, Padre Frederico Lombardi, fez um resumo das atividades realizadas na última terça-feira, dia 23 de julho.
— Todos nós estamos muito impressionados com a Missa de Abertura desta Jornada, pois de acordo com a Polícia Militar o público ficou entre 500 e 600 mil pessoas e é impressionante a participação destes jovens, pois vimos o entusiasmo deles e, além disso, a cenografia do palco também estava maravilhosa. O Papa não estava presente fisicamente, mas espiritualmente, acompanhou tudo pela televisão, e certamente sua impressão é de alegria com a participação de tantos jovens, afirmou Lombardi.  
O Porta-Voz do Vaticano divulgou ainda que o encontro do Papa Francisco com os peregrinos argentinos será na próxima quinta-feira, 25 de julho, às 12h30min, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no Centro do Rio. Segundo Padre Lombardi, o encontro atende ao desejo do Sumo Pontífice e dos jovens argentinos. Os detalhes não foram divulgados e, de acordo com ele, serão preparados pelos representantes das delegações argentinas.
— Não sabemos se haverá uma oração ou algo particular, disse.
Ainda de acordo com Padre Lombardi uma reunião foi realizada, no Sumaré, entre o responsável pela agenda do Papa, Alberto Gasbarri, o Núncio do Brasil, Dom Giovanni D’aniello, o responsável do Vaticano pela segurança do Papa, general Domenico Giani, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o ministro Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e representantes do ministério da Defesa e da polícia federal. Segundo o sacerdote, a reunião foi para acertar os últimos detalhes da visita do Papa ao Brasil, como a mudança na viagem à Aparecida e o encontro com os jovens argentinos.
— Eles estão continuamente em contato. É uma reunião absolutamente normal, é previsto que se encontrem. Não era em sentido de emergência, disse o porta-voz.
* Colaboração: Comunicação JMJ Rio2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva no quadro ABAIXO seu comentário sobre esta postagem!

Translate