sexta-feira, 26 de julho de 2013

Ângelus com Papa transfere a Praça São Pedro para a Glória

O coração do mundo bate aqui no Rio de Janeiro. E no início da tarde desta sexta-feira, 26 de julho, mais precisamente às 12h, o coração de todos os fiéis e peregrinos uniram-se ao coração do Papa Francisco, que rezou o Ângelus na sacada do Palácio São Joaquim, na Glória.
Momentos antes da aparição do Pontífice na sacada do casarão, milhares de pessoas já se reuniam cantando a “Oração de São Francisco” e a “Consagração a Nossa Senhora”. Ovacionado pela multidão, Papa Francisco agradeceu o acolhimento que tem recebido e ressaltou que espera renovar em todos o amor a Cristo e à Igreja.
— Dou graças à divina Providência por ter guiado meus passos até aqui, na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Agradeço de coração sincero a Dom Orani e também a vocês pelo acolhimento caloroso, com que manifestam seu carinho pelo Sucessor de Pedro. Desejaria que a minha passagem por esta cidade do Rio renovasse em todos o amor a Cristo e à Igreja, a alegria de estar unidos a Ele e de pertencer à Igreja e o compromisso de viver e testemunhar a fé, disse.
Recordando o Dia dos Avós, durante o Ângelus, o Sumo Pontífice destacou também as figuras dos avós de Jesus: São Joaquim e Sant’Ana. Para o Santo Padre, os avós são importantes na família para comunicar o patrimônio de humanidade e de fé, que é essencial para qualquer sociedade.
— Hoje, a Igreja celebra os pais da Virgem Maria, os avós de Jesus: São Joaquim e Sant’Ana. Na casa deles, veio ao mundo Maria, trazendo consigo aquele mistério extraordinário da Imaculada Conceição; na casa deles, cresceu, acompanhada pelo seu amor e pela sua fé; na casa deles, aprendeu a escutar o Senhor e seguir a sua vontade. São Joaquim e Sant’Ana fazem parte de uma longa corrente que transmitiu o amor a Deus, no calor da família, até Maria, que acolheu em seu seio o Filho de Deus e o ofereceu ao mundo, ofereceu-o a nós. Vemos aqui o valor precioso da família como lugar privilegiado para transmitir a fé! Olhando para o ambiente familiar, queria destacar uma coisa: hoje, na festa de São Joaquim e Sant’Ana, no Brasil como em outros países, se celebra a festa dos avós. Como os avós são importantes na vida da família, para comunicar o patrimônio de humanidade e de fé, que é essencial para qualquer sociedade! E como é importante o encontro e o diálogo entre as gerações, principalmente dentro da família, exortou.
Referindo-se ao Documento de Aparecida, que redigiu durante a 5ª Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe (Celam), realizada em 2007, Papa Francisco ressaltou que “crianças e anciãos constroem o futuro dos povos”.
— O Documento de Aparecida nos recorda: “Crianças e anciãos constroem o futuro dos povos; as crianças porque levarão por adiante a história, os anciãos porque transmitem a experiência e a sabedoria de suas vidas” (DAp 447). Esta relação, este diálogo entre as gerações, é um tesouro que deve ser conservado e alimentado! Nesta Jornada Mundial da Juventude, os jovens querem saudar os avós. Eles saúdam os seus avós com muito carinho e lhes agradecem pelo testemunho de sabedoria que nos oferecem continuamente, destacou.
Após o Ângelus, o Papa participou de um almoço com um grupo de jovens que vivenciam a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013). Eles representam todos os continentes e, de acordo com a organização do evento, dois brasileiros também participam do momento de confraternização.
PORTAL ARQRIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva no quadro ABAIXO seu comentário sobre esta postagem!

Translate