sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Maria de Nazaré de volta ao Rio


Após visitar a cidade de Saquarema, na Arquidiocese de Niterói, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré retornou à cidade do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira, 3 de agosto, para espalhar a Boa Nova de Jesus Cristo.

A imagem chegou em carro fechado à Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro, em seguida, foi rezado o terço na Capela do Santíssimo. Para que a imagem da Virgem de Nazaré ficasse ainda mais bonita em sua peregrinação pela cidade, a Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense doou uma berlinda, uma espécie de andor artístico, que é réplica da berlinda usada no Círio de Nazaré em Belém.

De lá o cortejo seguiu para a Igreja de São Sebastião, na Tijuca onde foi acolhida pelo pároco, Frei Paulo Roberto. A Igreja dos Capuchinhos que realiza o círio de Nazaré há quase 70 anos no mês de outubro, recebeu a imagem da Virgem com festa.  Frei Paulo Roberto ressaltou a devoção à Nossa Senhora:

— Temos um altar aqui na Igreja dedicado à Nossa Senhora de Nazaré e aqui realizamos também o Círio de Nazaré no segundo final de semana de outubro. Há uma devoção muito grande das pessoas que vem à Igreja dos capuchinhos. Aqui elas buscam sustentar essa devoção do Estado do Pará. Então para nós é uma alegria muito grande, é um momento de revigoramento da fé, da esperança e que Nossa Senhora de Nazaré possa trazer isso tudo pra nós, ressaltou.

Pétalas e salva de palmas mostraram a fé dos fiéis que, em oração, puderam pedir a intercessão de Nossa Senhora de Nazaré durante a Santa Missa presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta. Concelebraram o vigário episcopal norte, padre Claudio dos Santos, o vigário episcopal urbano, padre José Laudares e também o Bispo Animador do Vicariato Norte, Dom Luiz Henrique.

Durante a Homilia, Dom Orani ressaltou a importância de saber vivenciar e testemunhar Jesus Cristo nos dias de hoje. Segundo ele, diante de uma sociedade, na maioria das vezes incrédula, é através do testemunho dos fiéis que é possível levar a Palavra do Evangelho.

— Queremos pedir ao Senhor que saibamos da importância de Jesus Cristo, que saibamos vivenciar Jesus no mundo de hoje. Sabemos que somos chamados a apresentar esse Jesus quando muita gente quer ver apenas o homem e não o filho de Deus, aquele que nos salvou. A apresentação de Jesus deve ser feita à sociedade, ao mundo (...).Nós enquanto Igreja, temos que ter ânimo, testemunho, temos que ter a coragem de dizer que somos testemunhas do Deus que veio morar no meio de nós e continua presente conosco. Assim como Maria somos chamados a apresentar Jesus, o filho de Deus no mundo, afirmou o Arcebispo.

O Vigário Episcopal do Vicariato Norte, padre Cláudio dos Santos, expressou a honra e a gratidão em poder receber a imagem da Virgem de Nazaré pelo vicariato norte no primeiro dia de peregrinação da Imagem no Rio de Janeiro.

— É com alegria em nosso coração que queremos ter ainda mais esse exemplo da mãe de Deus presente em nosso dia a dia. Por isso o Vicariato Norte acolhe aqui nesta Igreja aquela que nos mostra sempre a pessoa do próprio Deus, afirmou o vigário.

Com a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré nas mãos, Marco Antonio Cardoso rezava junto de sua mãe nas primeiras fileiras da Igreja de São Sebastião. Ambos são naturais de Belém, mas vieram morar no Rio de Janeiro há mais de dez anos. Apesar da distância do Pará, a devoção à Nossa Senhora de Nazaré não diminuiu e para os dois, essa época do ano é o momento de participar dos festejos do Círio de Nazaré no Rio de Janeiro.

— Nasci no Pará e sempre vivenciei essa tradição do Círio de Nazaré. Aqui no Rio de Janeiro procuro sempre participar também, é uma festa maravilhosa e devo à Nossa Senhora inúmeras graças, disse Marco Antonio.

Virgem de Nazaré visita educandário no Catumbi
Após peregrinar pela Tijuca, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré seguiu até o Educandário Nossa Senhora de Nazaré, no Catumbi onde foi celebrada a oração do Ângelus. Essa foi a primeira vez que o Educandário, pertencente à Congregação Pequenas Irmãs da Divina Providencia recebe a imagem da Virgem de Nazaré.

Na porta do Educandário, as crianças acenavam com lenços brancos e azuis. A imagem foi recebida pelo pároco da paróquia Nossa Senhora da Salete, padre Marcos Antonio que a conduziu até a capela Nossa Senhora de Nazaré, no interior do Educandário. Segundo Dom Orani, o Círio de Nazaré recorda a missão de Maria dentro da Sagrada Família: 


— O Círio de Nazaré, recorda o papel e a missão de Maria na Sagrada Família. Foi justamente em Nazaré que Jesus foi educado. Falar de Nossa Senhora de Nazaré é falar da beleza da família de Nazaré. E aqui no educandário, as crianças podem crescer em sabedoria, no conhecimento com o desejo de aprofundar cada vez mais a sua educação. Trazendo a imagem aqui nós agradecemos a Deus pelo trabalho que aqui é feito.

Após a oração do Ângelus, as alunas do Educandário prepararam uma homenagem à Dom Orani com uma apresentação de canto. Logo em seguida foi realizada a oração do terço.

Para a coordenadora da casa provincial, Irmã Claudia, receber a Imagem da Virgem de Nazaré no Educandário representa a renovação da fé daqueles que trabalham ou estudam no local.

— A importância é pela pessoa da Virgem mesmo. Ela é a mãe da esperança, da caridade, ela é a mãe da fé. Ela é a nossa mãe. Então a importância está na figura dela mesmo. Devemos nos inspirar na nossa Mãe, afirmou.

Após a visita ao Educandário Nossa Senhora de Nazaré, o Círio chegou à sede da Arquidiocese do Rio de Janeiro, na Glória para um momento de oração junto aos funcionários do prédio. Na parte da tarde, a Imagem continuará a peregrinar pelas ruas do Centro, São Cristóvão e Estácio.


* Fotos: Guilherme Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva no quadro ABAIXO seu comentário sobre esta postagem!

Translate