terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Folia com Cristo 2012 será no Centro da Cidade


Inspirados pela passagem bíblica de Filipenses, 4,4 que diz: “Alegrai-vos sempre no Senhor. Repito: alegrai-vos!”, a Arquidiocese do Rio de Janeiro junto com toda a juventude arquidiocesana se prepara para realizar no próximo domingo, dia 5 de fevereiro, o “Folia com Cristo”, maior bloco de carnaval católico do Brasil.

O evento, que já está em sua 5ª edição e se consolida como uma excelente opção de diversão neste período que antecede os festejos, ganhará pela primeira vez as ruas do Centro da cidade. Segundo a organização do evento, a concentração será a partir das 13h, no Campo de Santana, onde o Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, presidirá uma Missa acolhendo os mais de 50 mil foliões de Cristo que são esperados para o evento, cuja entrada é gratuita.

O bloco com direito a abadá – chamado pelos participantes de abaDeus – e trio elétrico, terá como tema deste ano a Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013), encontro mundial de jovens com o Papa Bento XVI, que será realizado no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28 de julho de 2013.

— A micareta de Jesus surgiu com o objetivo de mostrar uma face alegre da Igreja, aproximando a fé da cultura brasileira. E sendo o carnaval a maior festa popular do país, nada melhor do que evangelizar do jeito que o brasileiro gosta. Nesse momento que a cidade do Rio de Janeiro passa por várias transformações estruturais para sediar os diversos eventos internacionais, a Arquidiocese quer despertar nos cidadãos a importância do acolhimento aos milhões de jovens que receberemos na JMJ RIO2013, declarou Padre Renato Martins, Coordenador do Setor Juventude da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

— Com a proposta de buscar a juventude para a realidade da Igreja e evangelizar, esse evento é um maravilhoso momento para expressar a felicidade de ser cristão. Pude experimentar isso no ano passado e, este ano, vou com mais animação e com o propósito de mostrar para o mundo que a Igreja de Jesus Cristo, ainda é viva e jovem. (...) Que esse evento seja também uma marcha da Igreja e a representação da juventude que se prepara para Jornada Mundial da Juventude no ano que vem, ressaltou o Coordenador da 3ª Forania da Pastoral da Juventude (PJ) do Vicariato Suburbano, Thiago Rodrigues.

Já para o membro do Grupo Jovem Amizade e Fé, da Paróquia São Miguel Arcanjo, em Colégio, Wallace Costa participou do Folia com Cristo em 2011 e destacou que o evento aproxima os jovens de Deus.
— O Folia com Cristo superou todas as minhas expectativas, pois é um momento totalmente diferente do que eu pensava sobre os eventos da Igreja. Esses eventos como o Folia com Cristo são capazes de aproximar os jovens de Deus e eu recomendo que todos participem, disse Wallace.

Para animar a Folia com Cristo, subirão ao trio as atrações: Jake, Marcio Pacheco e Maris Machado. Já a cantora Olívia Ferreira participará da Celebração Eucarística presidida por Dom Orani.

Promoção #foliacomcristo
Para animar ainda mais a festa, o Assessor para Mídias Sociais da Arquidiocese (@ARQUIRIO), Padre Jefferson Gonçalves de Araújo (@PadreJefferson), criou junto com sua equipe a promoção #foliacomcristo.

Quem der um check-in durante o evento pelo aplicativo foursquare (www.foursquare.com/arqrio), na Igreja da Candelária, usando a hashtag #foliacomcristo ganhará um brinde.

* Colaboração: Assessoria JMJ RIO2013 e Thiago Rodrigues
* Foto: Arquivo
PORTAL DA ARQUIDIOCESE DO RIO

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Imagem de Maria e do Menino Jesus são encontrados intactos no navio naufragado na Itália

RETIRADO DO SITE: O GLOBO


Uma imagem de Nossa Senhora foi encontrada por mergulhadores na sexta-feira dentro da capela do navio, com água até seus ombros, porém inteira. A santa só foi apresentada à imprensa neste sábado.

O responsável pela equipe de resgate disse que decidiu gastar tempo para retirar a relíquia do navio enquanto ainda haviam 21 desaparecidos porque lhe “pareceu a coisa certa a ser feita”.

- Quando entramos nas igrejas desmoronadas de Aquila, após o terremoto, sempre resgatamos os objetos sagrados - diz Fabio, que pediu pra não ter seu sobrenome revelado.

Assim como muitos que estão trabalhando no Costa Concordia, Fabio trabalhou na cidade de Aquila, após um terremoto que destruiu a cidade e deixou mais de 300 mortos em 2009. Ele alega que símbolos são importantes para a comunidade.

Um menino Jesus deitado em um travesseiro também foi salvo, e está sendo deixado perto da imagem de Nossa Senhora, em uma tenda.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Nota do Arcebispo do RJ sobre tragédia no Centro do Rio


Juntamente com toda a comunidade arquidiocesana, manifesto a minha solidariedade e o meu pesar a todas as pessoas e familiares vítimas no desabamento dos três prédios no Centro da cidade, ocorrido na noite de quarta-feira e que resultou em mortos e feridos.

Em espírito de unidade e solidariedade, conclamo a todos que rezem pelos falecidos, pelos feridos e pelas famílias atingidas por essa dor que também é de toda a cidade do Rio.

Confiantes na misericórdia de Deus, convido parentes, amigos e autoridades para a Missa de Sétimo Dia na intenção dos falecidos, a ser realizada no próximo dia 2 de fevereiro, quinta-feira, às 10 horas, na Catedral de São Sebastião, na Avenida República do Chile.

Rio de Janeiro, 26 de janeiro de 2012.

Dom Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

CF 2012: Que a saúde se difunda sobre a terra!


Em 2012, a Campanha da Fraternidade, realizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, irá abordar o tema “Fraternidade e Saúde Pública” cujo lema será “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8). No Rio de Janeiro, o anúncio oficial está marcado para o próximo sábado, dia 28 de janeiro, às 8h, na Catedral Metropolitana onde o Arcebispo da cidade, Dom Orani Tempesta irá presidir uma Santa Missa.

Um dos objetivos centrais da CF 2012 é refletir sobre a realidade da saúde no Brasil tendo em vista uma vida saudável suscitando o espírito fraterno e comunitário das pessoas na atenção aos enfermos e mobilizar por melhoria no sistema público de saúde. O próprio papa Bento XVI, na XVI Encíclica Spe Salvi n. 38 afirmou que “A grandeza da humanidade determina-se essencialmente na relação com o sofrimento e com quem sofre.”

A Igreja, no exercício de sua missão, presta relevantes serviços à saúde. Um exemplo disso é a Pastoral da Saúde. O coordenador arquidiocesano da Pastoral, diácono Sérgio Catão explicou a necessidade de um evento que chamasse a atenção para a saúde não só em nível de Igreja.

— Há algum tempo notávamos a necessidade de um evento como a Campanha da Fraternidade não só para que o tema saúde fosse debatido na Igreja como também na nossa sociedade, mas, sobretudo, para rever os caminhos da Igreja no aspecto pastoral, de evangelização, uma vez que a Pastoral da Saúde tem alcances bem importantes que necessitariam do envolvimento de mais pessoas e sobretudo de uma capacitação mais adequada, afirmou.

Segundo Sérgio Catão, a Pastoral da Saúde faz um trabalho articulado junto à comissão da Campanha da Fraternidade. Para o diácono, essa é a possibilidade da Pastoral divulgar ainda mais as suas dimensões:

— É uma das grandes possibilidades que a Pastoral da Saúde tem, sobretudo nos desafios da saúde envolvendo a população, para que as pessoas possam se conscientizar mais e lutar, disse.

FONTE> Portal da Arquidiocese do RJ

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Procissão de São Sebastião leva 200 mil fiéis para as ruas do Rio

Com a grande graça de poder sediar a Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013), em julho do próximo ano, a Arquidiocese do Rio de Janeiro, juntamente com toda a população da Cidade Maravilhosa, provou que é capaz de realizar um grande momento de fé, devoção e esperança. Correspondendo ao chamado de Deus e à convocação que a Igreja no Rio veio realizando desde o dia sete de janeiro – com o início da Trezena de São Sebastião –, cerca de 200 mil pessoas deram um belo testemunho de fé nesta data festiva, 20 de janeiro, dia do Padroeiro da Arquidiocese e da Cidade.

Com muita alegria e fervor, a grande multidão saiu da Igreja de São Sebastião (dos Capuchinhos) em direção à Catedral Metropolitana. Muitas pessoas trajavam camisas vermelhas e portavam lenços e bandeiras da mesma cor, em memória ao martírio do Santo. A procissão foi presidida pelo Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, e animada pelos Padres que participaram do CD de cânticos “São Sebastião Acolhe a Juventude”, produzido para animar os festejos do Santo Mártir neste ano de 2012.
Para o Arcebispo, este dia 20 — que reuniu além das 200 mil pessoas no Centro do Rio muitas outras nas várias paróquias e capelas dedicadas ao Santo, que nesta data também realizam procissões comunitárias — revela a força da devoção católica na Cidade:
— Reunir 200 mil pessoas na procissão e outras tantas nas várias comunidades por toda a Cidade mostra o carinho dos cariocas para com São Sebastião. (...) O povo do Rio de Janeiro vê em São Sebastião alguém que é exemplar e o ajuda a ser melhor, contou Dom Orani.

Para o Pároco da Igreja São Joaquim, Padre Gleuson Gomes, que animou o grande momento de oração e participou da produção do CD cantando as músicas “Jovens Abençoados” e “As flechas não mataram”, a procissão de São Sebastião significa uma manifestação de fé com o desejo de que todos se lembrem do Padroeiro da cidade como um homem que realmente constituiu uma grande entrega, uma oblação perfeita à Cristo.

- A vida de São Sebastião precisa ser lembrada porque ele é uma expressão de devoção muito forte no coração do Rio, ele é um símbolo perfeito para a cidade. Nós sabemos que São Sebastião passou por muitas torturas, espancamentos e flechadas, mas nenhum sofrimento foi maior do que o seu amor a Cristo e isso é a cara do Rio de Janeiro. Celebramos hoje, neste dia especial, uma vida que é um sinal do poder de Deus no meio da nossa fragilidade humana, afirmou Padre Gleuson.

O Coordenador de Eventos de Massa da Arquidiocese, Padre Omar Raposo, falou sobre a participação da população carioca durante os treze dias de preparação espiritual para a festa do Padroeiro e sobre a procissão.

- A trezena e a procissão mostram a força do povo de Deus e a visibilidade que queremos dar à nossa fé e ao nosso Padroeiro, São Sebastião — maior devoção de nossa cidade. É um momento de emoção, de oração e de reflexão, pois estamos às vésperas da Jornada Mundial da Juventude (JMJ RIO2013), desejosos por receber e acolher jovens do mundo inteiro e levar a Palavra de Deus para todos os povos: eis a nossa alegria, eis a nossa festa, afirmou Padre Omar.
Muitos quiseram participar do momento festivo, sem medir esforços. Crianças acompanhadas pelos pais, jovens, idosos e muitos cadeirantes, acompanharam todo o cortejo agradecendo e pedindo a intercessão do Padroeiro do Rio de Janeiro. Das janelas de suas casas e edifícios, muitos idosos que não podem se locomover também acenavam e faziam suas orações ao Santo. Alguns, inclusive, ornamentaram suas sacadas em atenção a São Sebastião.

- Participar da procissão pra mim é muito importante porque esse Santo é rico de esperança e de fé. Tudo o que eu peço, pela intercessão de São Sebastião, eu consigo, destacou José Laerte da Paróquia São Tiago, em Inhaúma.

Cecília Angelina, que participa da Igreja de Santo Antônio, no Centro, acompanhou a procissão com toda a família pedindo a intercessão de São Sebastião pela cura de sua tia.

- Sempre fui devota de São Sebastião e ele sempre me atendeu. Não vai ser agora que ele vai me deixar... Tenho muita fé que ela será curada, disse Cecília.

Devoto desde criança, Alessandro de Oliveira, da Igreja Nossa Senhora da Luz, no Alto da Boa Vista, vestiu Mateus, seu filho de um ano, de São Sebastião.

- Desde criança eu sou devoto de São Sebastião e sempre participei da Missa e da Procissão. Frequento a Igreja fielmente e essa foi uma oportunidade que eu encontrei de ele seguir o mesmo caminho, afirmou Alessandro.

Felizes e agradecidos a Deus pelos festejos de São Sebastião estarem ligados à juventude, os jovens da Arquidiocese também acompanharam a Procissão. A Coordenadora Arquidiocesana da Pastoral da Juventude(PJ), Aline Barbosa, ressaltou que todos devem se espelhar no “Jovem Discípulo de Jesus”.

- É uma grande alegria nós estarmos participando da festa do Padroeiro do Rio de Janeiro. São Sebastião foi um jovem perseverante e corajoso, um exemplo para todos nós. Foi uma grande honra ter a Trezena e tudo o que foi preparado para essa grande festa, voltados para a juventude, somos muito gratos a Deus e à Igreja, disse Aline.

O prefeito Eduardo Paes, vereadores, e outras autoridades civis, como a Chefe da Polícia Civil, Delegada Martha Rocha, também compareceram à procissão para fazerem seus pedidos a São Sebastião.

Durante todo o trajeto, muitas foram as pessoas que fizeram suas doações para as vítimas das enchentes no Estado do Rio. Ao longo dos 13 dias preparatórios a esta data festiva, a Arquidiocese do Rio arrecadou, com a carreata da fraternidade, aproximadamente 10 toneladas de alimentos, além das que foram reunidas nesta tarde, num grande gesto de solidariedade testemunhado pela população carioca.

FONTE: PORTAL DA ARQUIDIOCESE DO RIO


FOTOS: Ariel Carvalho

Feliz dia de São Sebastião

Sexta feira, 20 de janeiro, dia do Mártir protetor do Rio de Janeiro, dia de São Sebastião! Após a Trezena de preparação aos festejos em honra ao Santo, o dia do Padroeiro da cidade começou com Missa na Igreja de São Sebastião, na Tijuca. O local, administrado pelos frades capuchinhos, é conhecido por guardar três relíquias da cidade Maravilhosa: a pedra fundamental, que deu origem ao Rio de Janeiro, os restos mortais de Estácio de Sá e a imagem do Santo Padroeiro que teria sido trazida pelo próprio Estácio de Sá para a fundação da cidade.

Desde cedo, os fiéis lotaram a Igreja e, vestindo a cor característica do Santo, transformaram o local em um verdadeiro mar vermelho de amor e devoção ao Padroeiro. Flores e fitas também não faltaram para homenagear o Santo. Desde crianças de colo até idosos, todos queriam agradecer e reafirmar a fé no Jovem Discípulo de Cristo.

Iraci Veiga levou a neta de apenas um ano para a Igreja, vestida da cor de São Sebastião. Ela conta que há mais de trinta anos participa das festividades do Padroeiro junto do marido.

- Sempre trouxe minhas duas filhas para cá, vestidas de São Sebastião. Ano passado recebi a benção do nascimento da minha neta. Vou fazer com ela a mesma coisa que fiz com as minhas filhas. Enquanto Deus me der saúde, vou sempre trazer minha neta para cá e, claro, com a roupa de São Sebastião, afirmou.

Crispiniana da Silva é bahiana de nascimento, mas carioca de coração. Ela é mais uma na legião de devotos de São Sebastião que foram à Igreja agradecer a intercessão do Santo.

- São Sebastião é milagroso. Eu tenho problema no joelho e só de conseguir andar, já é um motivo para eu agradecer, disse.

Às dez horas deu-se inicio à Missa Solene. De pé, os fiéis receberam o celebrante, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, acompanhado pelo Bispo de Itaguaí e frade capuchinho, Dom Ubiratan, elo Pároco da Igreja de São Sebastião, Frei Paulo Roberto e pelos Vigários Episcopais Monsenhor Gustavo Auler, do Vicariato Norte e Padre José Laudares, do Vicariato Urbano.

Durante a Homilia, Dom Orani ressaltou o privilégio de começar o ano com os festejos de São Sebastião e pediu para que todos vejam o Santo como um exemplo de firmeza da fé em Cristo.

- Essa é a oportunidade de podermos olhar para a vida de São Sebastião. Que possamos, como ele, exercer bem todas as nossas convicções cristãs. São Sebastião é um sinal de vida cristã. Ele foi testemunha de Cristo, falou.

O Arcebispo lembrou ainda o ano da fé e motivou os fiéis a não desanimarem perante as dificuldades do mundo.

- Diante de todas as dificuldades que existem ao nosso redor, somos chamados a sermos firmes em Deus, somos chamados a ser missionários e a levar adiante a boa noticia, disse.

Na parte da tarde, as festividades de São Sebastião prosseguem. Às 16 horas sai, da Igreja dos Capuchinhos, a tradicional procissão até a Catedral Metropolitana, na Avenida Chile. Em seguida haverá o Auto de São Sebastião e o show "São Sebastião Acolhe a Juventude".
 * Fotos: Guilherme Silva

FONTE: ARQUIDIOCESE DO RIO

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Programação do dia de São Sebastião - 20/01


DIA 20 DE JANEIRO – SEXTA-FEIRA: FESTA DO PADROEIRO

10h00 - Missa na Paróquia S. Sebastião, Tijuca

16h00 - Saída da procissão desta Paróquia para a Catedral

17h00 - Chegada à Catedral no Centro: Auto de S. Sebastião, Benção, Missa

domingo, 15 de janeiro de 2012

Achados históricos na restauração da Igreja Santo Antônio dos Pobres

Em visita à Paróquia de Santo Antônio dos Pobres situada na Rua dos Inválidos no Centro Rio, encontramos a Igreja com obras em andamento, após dois anos completados em dezembro de 2011 fechada por problemas estruturais causados supostamente por grandes obras ao redor da Igreja.

O provedor da Irmandade da Paróquia, José Queiroga, contou-nos com grande entusiasmo sobre as descobertas feitas no interior da Igreja, Nas escavações realizadas para reforçar o terreno, foi encontrado o piso da primitiva Igreja construída no local em 1811. Pouco mais de um metro abaixo do piso atual, os antigos azulejos oriundos da Holanda estavam escondidos e intactos a mais de 70 anos desde quando foi erguido o atual templo. O provedor contou sobre o projeto de deixar o antigo piso em exposição, através de vidros que serão instalados em forma de cruz no centro da Igreja.

Ainda sem os vitrais do lado esquerdo que foram danificados e que estão sendo reformados, o telhado da Igreja está sendo reformado também para conter algumas infiltrações que vinha sofrendo com as chuvas, além da limpeza total da fachada externa.

O Pároco da Paróquia, Padre Eduardo Henrique Braga, diz que a reinauguração da Igreja está prevista para acontecer até os festejos de Santo Antônio em junho de 2012 e poderá contar com a presença do Arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta e dos dois últimos párocos do local: Padre Abdias Lopes e Padre Sérgio Marcos.

A reforma não acontece somente no templo material, mas também no espiritual. Prova disso, é o desejo de voltar depois de muitos anos com a Pastoral da Juventude que contará com o apoio dos jovens da Capela do Menino Deus, vinculada à Paróquia Santo Antônio.

Enquanto isso, a comunidade continua firme no compromisso religioso atuando em diversas pastorais que não foram interrompidas com a interdição da Igreja e nas celebrações que são realizadas diariamente  no número 37 da Rua dos Inválidos de segunda à sábado as 7:30h e domingo às 7h, 8:30h, 10h e 18h.

Para quem quiser conhecer mais sobre a história da Igreja de Santo Antônio dos Pobres, pode acessar o link http://capeladomeninodeus.blogspot.com/p/paroquia.html.


Colaboração: Ariel Carvalho - Pascom Menino Deus.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

4º Dia da Trezena de São Sebastião - 10/01

7:30h 1º Distrito Naval da Marinha - Aterro do Flamengo

10h Sede da Polícia Federal - Centro

11:30 Secretaria de Segurança Pública - Centro

14:30h Quartel Central da Polícia Militar - Centro

17h Sede da Polícia Civil - Centro

FOTOS: Flickr da Arquidiocese do Rio

3º Dia da Trezena de São Sebastião (09/01)

7h Carmelo de Santa Teresa (Santa Teresa)

9:30h Hospital Souza Aguiar (Centro)

11:30h Rádio Globo (Glória)

15:30h Capela São Sebastião (Borel)

17:30h Capela São Sebastião (Turano)

FOTOS: Flickr da Arquidiocese do Rio

2º Dia da Trezena de São Sebastião - 08/01

8h TV Brasil - Centro
.

10h Capela Sagrado Coração de Jesus - Penha

15:30h Paróquia São Sebastião - Olaria

 17:30h Convento de Santa Teresa (Santa Teresa)

FOTOS: Flickr da Arquidiocese do Rio

Translate