domingo, 25 de dezembro de 2011

Papa celebra Missa do Galo no Vaticano


O Papa Bento XVI presidiu, neste sábado (24), a Missa do Galo, na Basílica de São Pedro, no Vaticano. O evento celebra o nascimento de Jesus Cristo em Belém.
Foi a terceira vez em sete anos de seu pontificado que o papa celebrou a missa duas horas antes do normal, às 22h no horário local (19h em Brasília). A medida visa evitar o cansaço de Bento XVI, devido à sua idade, 84 anos, e porque ele terá de estar à frente dos ritos de Natal neste domingo.
Estima-se que cerca de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo vejam a missa pela TV.
Bento XVI chegou ao templo no papamóvel, o qual já vem utilizando nos últimos meses para se deslocar pela Basílica, evitando esforços físicos. Ele foi recebido com aplausos pelos milhares de fiéis que várias horas antes já enchiam o templo.
O rito começou com um momento de preparação, em silêncio e recolhimento, seguido das calendas, antigo texto que anuncia o nascimento de Cristo, que foi cantado ao princípio da missa, em latim, por um cantor da Capela Sistina.
Junto ao altar maior, da Confissão, foi colocado um Menino Jesus e uma estátua de Nossa Senhora de Montserrat, que foi dada pelo ex-presidente João Goulart a Paulo VI quando foi escolhido papa, em 1963.
Durante a celebração, o papa defendeu o o abandono do "brilho" da sociedade de consumo e da "soberba" da razão "liberal para se deixar seduzir pela humildade de Jesus"."Se queremos encontrar o Deus que apareceu como menino, precisamos descer do cavalo de nossa razão ilustrada (...) devemos deixar nossas falsas certezas, nossa soberba intelectual", disse.
"Devemos apear, ir espiritualmente a pé para poder entrar pelo portal da fé e encontrar Deus, que é diferente de nossos julgamentos e opiniões", afirmou Bento XVI.
Do lado de fora da Basílica, as pessoas fizeram filas para poder acompanhar a ceriômina no início da noite. Elas também puderam ver um presépio montado na Praça de São Pedro para o Natal --desde 1982, por determinação de João Paulo II, o presépio é montado todos os anos.
Antes da missa, Bento XVI acendeu uma vela pela paz em sua janela diante do presépio, marcando o início das festas de Natal. Milhares de fiéis assistiram à inauguração do presépio, ao som de gaitas de foles e de cânticos populares italianos e de outros países, incluindo da Baviera, terra natal de Joseph Ratzinger.

FONTE: globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva no quadro ABAIXO seu comentário sobre esta postagem!

Translate