quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Fundador da TV Século XXI celebra Missa no 4º dia da SCR


O quarto dia da semana de Cristo Rei, no Santuário Nacional de Adoração Perpétua, na Igreja de Sant’Ana, no Centro do Rio, foi marcado por uma noite carismática, com Missa de Louvor e Cura, transmitida ao vivo pela Web TV Redentor. O evento contou com a presença de membros da Renovação Carismática Católica.

Antes da celebração, os fieis foram embalados por músicas da Banda Canto Novo e da Comunidade Kerissein. Enquanto isso, no altar, uma grata presença, o Vigário Paroquial Nelson Rabelo, de 92 anos, que há alguns meses apresenta sérios problemas de saúde, prestigiou a noite e foi recebido com uma calorosa chuva de aplausos. Emocionado, ele acenou de volta para os fiéis, sorrindo. Padre Nelson permaneceu no altar e concelebrou a missa junto do Vigário Episcopal Urbano e Pároco de Sant’Ana, Padre José Laudares, e do Pároco da Paróquia Sagrada Família e diretor espiritual da Renovação Carismática Católica, Padre Geovane Ferreira.


Às 19 horas, o fundador da TV Século XXI, Padre Eduardo Dougherty, presidiu a celebração e comoveu os fiéis, que lotaram a Igreja de Sant’Ana para ouvir as palavras do Sacerdote. Muitos levaram fotos e cartas de parentes e amigos para interceder por essas intenções. Durante a Homilia, Padre Eduardo ressaltou o amor ao Rei Jesus:
— Nós temos o Rei Jesus conosco, nós o amamos. (...). Ele é o dono de tudo e nos fez à sua imagem e semelhança. Fomos feitos por ele para passar toda a eternidade com ele.

Padre Eduardo também comentou sobre a necessidade de templos de Adoração Perpétua, como o Santuário de Sant’Ana.

(...) Maria foi uma adoradora perpétua. E é por isso que precisamos de lugares de adoração perpétua para evangelizar o humano. É necessário uma força, um lugar onde as pessoas vão ouvir a Boa Nova e onde Jesus vai entrar no coração de cada pessoa, afirmou.


Ao final da Missa, Padre Eduardo chamou os coordenadores dos grupos de oração presentes para receber uma benção de envio. Entre os fiéis, o sentimento era de renovação. Wanda Pereira estava na companhia da mãe, Seni Pereira, que visitava o Santuário pela primeira vez. Ambas passavam próximo à Igreja quando souberam da Missa de Cura e decidiram participar:

— As missas de Cura são maravilhosas, tanto para aqueles que já conhecem como para os que não conhecem. Cada palavra dita hoje foi reconfortante, disse satisfeita.

Fonte: Blog do Vicariato Urbano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva no quadro ABAIXO seu comentário sobre esta postagem!

Translate