domingo, 25 de setembro de 2011

25 de setembro: Dia da Bíblia!



Pode ser que até agora você tenha olhado para a Bíblia como um livro qualquer, mas é preciso entender que ela foi escrita para você, especialmente para você. Ela é uma declaração de amor do Pai que quis se revelar a nós. Ele enviou Jesus, o Filho d’Ele, para nos comunicar plenamente o desejo de se relacionar e de estabelecer amizade com cada um de nós. Deus quer falar conosco como um amigo fala com o outro, de maneira íntima e particular.

Há, na sociedade atual, uma epidemia de solidão, de busca de respostas, de tentativas frustradas de entender a vida, o sofrimento, a dor e a morte. Procuramos respostas em tantas coisas, em tantas pessoas, em lugares errados, em livros de autoajuda, escritos “para todo o mundo”– como se os problemas de todas as pessoas fossem iguais. Em vez de nos ajudar, muitas vezes, só pioram a situação. Não compliquemos as coisas! Nada e ninguém substituem a Palavra de Deus!

Todas as vezes em que você procura uma resposta, na verdade, você está procurando a Deus. É isso mesmo! É só parar para pensar um pouco. Quando você pergunta sobre o sofrimento, na realidade, a pergunta é sobre onde estava Deus, que o “deixou” sofrer. Quando não sabe o que fazer, que caminhos seguir, no fundo, você está perguntando: “Senhor, o que eu faço?”. O problema é que você cresceu e Deus se tornou apenas uma lembrança do passado ou Alguém que você até acredita que existe, mas que não pode se intrometer na sua vida. É ou não é assim?

Bíblia é a fonte de onde podemos colher a Palavra de Deus para nós. É a Palavra do Pai, não para qualquer um, mas para nós, seus filhos. Pode ser que no começo não entendamos tudo, mas se nos colocarmos como uma criança, que dia após dia ouve e presta atenção ao que o Pai fala, criamos intimidade e vamos compreendê-Lo cada vez mais. Quanto mais conhecemos a Deus e Sua Palavra, tanto mais compreendemos as nossas vidas e como a vontade do Senhor se manifesta no dia a dia.

Sempre é tempo de recomeçar! Vá lá, pegue aquela sua Bíblia cheia de poeira, com a folha amarelada de tanto tempo aberta na mesma página. Olhe para as suas páginas e diga a si mesmo: “Ela foi escrita para mim!”. Posso afirmar que todas as suas respostas estão nela, não necessariamente nessas páginas escritas por homens limitados, mas no Deus que, por intermédio da limitação do tempo e das palavras humanas, quer revelar que você não é qualquer um, você é especial.

Ler a Bíblia é fazer uma experiência particular com Deus. É se alimentar de palavras que não passam, de verdades que nos fortalecem e nos fazem entender a nossa vida de maneira totalmente nova. É conhecer a história de tantos homens e mulheres, iguais a nós, que se tornaram especiais pelo fato de terem experimentado o Senhor. É encontrar mais do que respostas; é encontrar a Verdade: Jesus Cristo, a Palavra encarnada no meio de nós. A Bíblia não é um livro mágico. Certamente você vai lê-la muitas vezes, por muitos anos, e seus problemas não desaparecerão. A Bíblia não é um livro de autoajuda, mas de ajuda do Alto! É lâmpada para os passos, luz para iluminar os caminhos de quem não desistiu de viver (cf. Sl 118,105). É uma espada, arma em tempos de guerra (cf. Ef 6,17), para os corajosos dispostos a lutar até o fim, certos de que são amados por Deus de maneira única e particular.

Espero que você tenha entendido. A Bíblia não é para qualquer um, mas é para você, para as suas lutas, para o seu dia a dia. A Palavra de Deus foi escrita para você que cansou de tentar encontrar respostas por si só, e que agora decidiu se deixar guiar pelo Senhor. Foi escrita para você que não quer uma vida igual a tudo o que se vê por aí, mas que quer a novidade que Deus Pai tem reservada para cada um de nós. Foi escrita para você que decidiu ouvir a voz do Senhor e seguir os Seus caminhos.

A Bíblia não é para qualquer um. A Bíblia foi escrita para você, só para você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva no quadro ABAIXO seu comentário sobre esta postagem!

Translate