sábado, 30 de julho de 2011

Comunidade se prepara para peregrinação à Aparecida

A Capela do Menino Deus e a Paróquia Santo Antônio dos Pobres se preparam para a peregrinação à Basílica de Nossa Senhora Aparecida em São Paulo. Ano passado, pela primeira vez, nossa comunidade foi juntamente com nossa Paróquia. Este ano, a procura por um lugar no ônibus foi muito maior e as passagens esgotaram-se rapidamente. Iremos sair em dois ônibus na Paróquia de Santo Antônio na Rua dos Inválidos às 22h de sesta dia 26 de agosto. E voltaremos cerca de 15h de sábado dia 27 após passarmos toda a manhã participando da Santa Missa e fazendo nossas orações diante da Padroeira do Brasil.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Procissão de Sant'Ana reúne fiéis no Centro do Rio.

Encerrando os festejos em homenagem à Sant´Ana e São Joaquim, o Vigário Episcopal e Pároco da Igreja de Sant´Ana, Padre José Laudares, presidiu a última celebração eucarística do dia, em intenção da cidade do Rio de Janeiro. A missa, que teve início às 19h, foi concelebrada pelo Monsenhor José Nilton Brandão Laurindo, da Diocese de Maceió/AL. O coordenador do Centro de Evangelização Sant´Ana, que será inaugurado em breve, Márcio Pacheco juntamente com o Ministério de Música Sete Dons fizeram a animação litúrgica. 
Padre José iniciou a celebração colocando também em intenção e em agradecimento as mais de 200 pessoas que colaboraram para a realização da Festa e pedindo a intercessão e proteção de Sant´Ana e de São Joaquim.

Em sua homilia, o Monsenhor Nilton afirmou que no centro de tudo está a plenitude do tempo, que é quando a graça de Deus vem habitar no meio de nós, fazendo aqui a sua morada e assumindo a condição humana. Segundo o Monsenhor, todos somos cidadãos marcados pelo batismo e, assim, somos construtores de uma civilização do amor, construtores de uma cidade que é querida e amada por Deus. Deus que se faz homem para nos ajudar a construir essa nova cidade. E Jesus é o grande fruto de Maria e de Sant´Ana.

- Para que possamos construir uma cidade de paz, fruto da justiça, é necessária uma paz verdadeira e eficaz, cercada de uma convivência fraterna e sincera entre os seus habitantes, encerrou.

Nas preces foram lidas intenções específicas para o poder público em geral, governantes e parlamentares que são responsáveis pelos rumos de nossa cidade, e pelos vários agentes da sociedade civil, todos aqueles que ajudam a construir diariamente o Rio de Janeiro.

Após a celebração eucarística, a comunidade local saiu em procissão pelas ruas ao redor da Igreja e ao retornar, o Vigário Episcopal deu a benção final com as Relíquias de Sant´Ana.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Parabéns Vovô! Parabéns Vovó!

Dom Canísio Klaus
Bispo de Santa Cruz do Sul, RS

Entre as muitas comemorações do mês de julho, celebramos, no dia 26, São Joaquim e Santa Ana, os santos padroeiros dos avós. Eles foram os pais de Maria Santíssima e os avós de Jesus Cristo.
A celebração do Dia dos Avós tem como objetivo destacar e promover o papel do vovô e da vovó no seio familiar, onde eles são os suportes afetivos, religiosos e, por vezes, financeiros da família.

Quando o tempo dos pais para brincar com os filhos se torna escasso, os avós ocupam seu espaço, oferecendo carinho e afeto para os netos. Quando os pais não conseguem dar aos filhos os brinquedos que estes gostariam de ter, torna-se comum a intervenção dos avós que dão presentes especiais por ocasião do natal, da páscoa e do dia das crianças.

No dizer do beato João Paulo II, “os avós são os guardiões da fé, da vida de oração e da educação dos valores cristãos”. Muitas são as pessoas que devem sua iniciação na fé aos avós. Em muitas famílias, são eles que ensinam as primeiras orações às crianças, e é sempre maior o número de crianças que são levadas para a catequese pelas mãos dos avós.

Existem coisas que a escola não ensina e que não estão escritas em nenhum livro. Coisas que só a experiência de vida ensina. Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida e reconhecer o valor da sabedoria adquirida no convívio familiar, lugar especial para a aprendizagem das virtudes cristãs.

Ao lado dos avós que são felizes com suas famílias, lamentamos a existência de muitos idosos abandonados e mal cuidados. Em vez de receberem o afago dos filhos e netos, são jogados nos cantos das casas ou abandonados em asilos. Até o dinheiro que recebem na aposentadoria é confiscado a muitos deles. No Dia dos Avós, não podemos esquecer deles e, quem sabe, aproveitar o dia para uma mudança de atitude.

O espaço e o contexto celebrativo do Dia dos Avós, sem dúvida, é a família, onde eles aparecem como fundamentos e troncos das futuras gerações. A família que valoriza seus ancestrais se torna verdadeiramente um tesouro dos povos, o maior patrimônio da humanidade.

A você Vovô e a você Vovó damos os nossos parabéns. Rogamos as bênçãos de Deus para que continuem firmes na saúde e na alegria, servindo a família e a sociedade com sua experiência de fé e vida cristã.

Pela intercessão de São Joaquim e Santa Ana, desçam sobre vós as bênçãos de Deus. Amém.
FONTE: CNBB

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Festa de Sant'Ana e São Joaquim no Centro

A Paróquia de Sant´Ana fica localizada na Praça Dom Sebastião Leme, 11, Centro.
Tel.: 2224-0710

*Tríduo de 23 a 25 de julho – 18h

Dia 26 de julho (terça-feira)Festa de Sant’Ana e São Joaquim

Missas:

6h – 7h – 8h – 9h –10h (Missa dos netinhos) – 11h – 12h – 13h – 14h

15h (Missa solene pelas avós e pelos avôs, presidida pelo Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta)

- 17h - 18h –

19h (Missa Solene pela cidade do Rio de Janeiro)

20h: Procissão Luminosa de Sant´Ana pelas ruas do Centro.

Durante todo dia 26, haverá no átrio da Igreja, quermesse com barraquinhas das diferentes pastorais.

domingo, 24 de julho de 2011

Representantes de nossa Paróquia retornam do Muticom

Maria das Dores Dalpiaz e Maria de Lourdes Pastene chegaram radiantes depois de participarem na PUC Rio durante toda essa semana do 7º Mutirão de Comunicação, o Muticom. A ideia agora é reunirmos todos os interessados de Nossa Paróquia para afim de trocarmos ideias experiências.

sábado, 23 de julho de 2011

Parabéns Ariel!

Hoje, 23 de julho, comemora-se mais um ano de vida de Ariel carvalho que é membro de nossa comunidade a mais de 10 anos. Ariel já foi coroinha e hoje vivencia as Pastorais do Dízimo e da Comunicação na Capela do Menino Deus. Por todo o carinho dado por ele à nossa capelinha rendemos a ele a nossa singela homenagem!

Aproveitamos para convidar todos para a Missa em Ação de Graças ao Ariel que será realizada na Capela do Menino Deus no próximo domingo, dia 24, às 9 horas da manhã.


sexta-feira, 22 de julho de 2011

Missas na Capela do Menino Deus

Missas
Domingo: 8:00 e 9:00
Segunda: 18:00 (Comunitária)
Terça à Sábado: 17:00

Adoração e Bênção do Santíssimo
Sempre na 1ª Sexta de cada mês, as 16:00, há a Adoração ao Santíssimo, seguido da Bênção do Santíssimo e da Santa Missa das 17:00. Nas demais sextas é após a Missa das 17:00.

Missa das Crianças
A Missa de 9:00 dos Domingos conta com a presença marcante das crianças de nossa comunidade e catequese. Elas ajudam na Liturgia da Missa proclamando as Leituras e cantando. Traga seus filhos e conhecidos e incentive nossas crianças na vivência dentro de nossa Igreja!

Dízimo
O Dízimo na Capela ajuda muito. É usado para ajudar pessoas, comprar paramentos e materiais litúrgicos, fazer manutenção na aparelhagem de som e muito mais. Se você deseja ser uma dizimista vá até a sacristia e se informe melhor!

Marcação de Missas
Procure a Sacristia da Capela se desejar marcar uma missa em Ação de Graças ou Falecimento. Sempre nas Segundas a missa é Comunitária.

Domingo do Quilo
Todo 1º Domingo de cada mês temos a Campanha do Quilo. Traga seu quilo de alimento não perecível e ajude quem necessita. A Cesta básica é entregue sempre na segunda Terça - feira de cada mês. E nós atendemos cerca de 40 famílias! Traga seu alimento e entregue na Sacristia!

Grupo de Oração da RCC
Toda Segunda - feira as 19:00, logo após a Missa das 18:00.

Bazar Menino Deus
No 2º sábado do mês na porta da Capela das 14:30 as 17:00. Roupas, livros e acessórios para você ver!

Grupos Anônimos
Alcoólicos Anônimos (AA): Quartas e Quintas as 19 horas.
Neuróticos Anônimos: (NA): Domingos as 17 horas.
Os encontros são realizados no salão abaixo da Capela.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Noite de premiação no Muticom

A cerimônia de entrega dos prêmios de comunicação oferecidos pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), durante o 7º Mutirão de Comunicação (Muticom), na última quarta-feira, 20 de julho, foi marcada por música de boa qualidade e pela emoção dos contemplados.

A abertura do evento foi ao ritmo de “Samba do Avião”, interpretado pela cantora Manu Santos. A Rede Vida de Televisão, a Web TV Redentor, o Portal PUC-Rio Digital e a Rádio Catedral FM transmitiram a premiação ao vivo, do ginásio da PUC, onde acontece o Muticom.
O presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Comunicação, Dom Dimas Lara Barbosa acolheu os presentes ao encontro e falou sobre a importância da premiação.

- Os prêmios dados pela CNBB são um reconhecimento pela Igreja daqueles que trabalham na comunicação a serviço do bem, ajudando a construir a civilização do amor, disse dom Dimas.

O Arcebispo do Rio de Janeiro e ex-presidente da Comissão para Comunicação da CNBB, Dom Orani João tempesta, fez a entrega do Prêmio Dom Helder de Imprensa.

A jornalista Letícia Aline Paris, da Mensageiro de Santo Antônio, recebeu a estatueta pela reportagem “Adolfo Guidi, dedicação e luta pela vida de um filho”. Os jornalistas do Jornal Santuário de Aparecida, Daniele Simões, Paulo Eduardo de Gois e Felipe Chicarino da Silva, também foram premiados pela reportagem “Força de Vontade”. O último troféu Dom Helder de Imprensa foi para Alexandre Lyrio, Jorge Gauthier e Victor Uchoa, do jornal Correio, da Bahia, autores da série especial “Além do hábito”, sobre a vida de Irmã Dulce.

Para os premiados, a iniciativa da CNBB ao reconhecer reportagens pautadas em valores que ressaltam a dignidade da pessoa humana merece destaque.

- Nosso trabalho tentou e conseguiu trazer outra face da Irma Dulce e seu exemplo de bondade e de fé, disse Alexandre Lyrio sobre a reportagem “Além do hábito”.

Microfone de Prata
O prêmio de rádio Microfone de Prata considerou as categorias Religioso, Jornalismo e Entretenimento e foi entregue pelos diretores da Signis Brasil e Rede Católica de Rádio (RCR), organizadores do Prêmio com a CNBB.

O programa “A caminho do Reino”, da Rádio 9 de julho, da arquidiocese de São Paulo (SP), apresentado pelo padre José Renato foi contemplado na categoria Religioso. Já na categoria jornalismo, foi premiado o “Jornal da Manhã”, da Rádio Educadora AM, de Coronel Fabriciano (MG), apresentado por Roberto Siqueira. Na categoria entretenimento, a vencedora foi Joelma Viana e Anderleia Oliveira, de Santarém, no Pará, com o programa “Caminhos da Amazônia”.

Os contemplados fizeram questão de agradecer à CNBB pela estatueta e fizeram sua dedicação a pessoas e a personagens de seus programas.

- Dedico o prêmio ao menino Luan, que foi assassinado. E espero que crianças não sejam mais assassinadas”, disse, emocionado, o Padre José Renato, da rádio 9 de julho.

Clara de Assis
O Padre Fábio de Melo fez a entrega da estatueta Clara de Assis, que premia trabalhos de televisão. Laerte José Cerqueira da Silva, da TV Cabo Branco (afiliada da Rede Globo na Paraíba), com a matéria “Caravana – JPB – Paraíba”, foi um dos contemplados. Na categoria documentário, o prêmio foi para o Núcleo de TV da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio), com o filme “Paternidade ausente, histórias incompletas”, que relata toda a dificuldade e desafios enfrentados pelo reconhecimento paterno, a investigação de paternidade e a relação entre pais e filhos. Nesta mesma categoria, foi premiado também o jornalista Pedro Luiz Monteiro Teixeira, da Rede Canção Nova, com o filme “Irmã Dulce”, um especial sobre a vida e obra da irmã baiana, beatifica no dia 22 de maio deste ano.

Após a entrega desse prêmio, o Padre Fábio de Melo emocionou a todos ao cantar uma música com a banda de Manu Santos.

Margarida de Prata
Prêmio mais antigo e mais concorrido da CNBB, o Margarida de Prata agracia os produtores de cinema desde a década de 1960. Nesta edição, o longa “Esse homem vai morrer – Um Faroeste Caboclo”, de Emílio Gallo, ganhou como documentário investigativo.

- Estou não só honrada, mas em paz comigo por dar esse recado [denúncia da violência no Pará feita pelo filme], disse a paraense Dira Paes, protagonista do filme, presente na entrega da estatueta.
O filme “Aparecida – o Milagre”, de Tizuka Yamasaki, que narra uma história de transformação, superação e reencontro de um homem e sua família através da fé em Nossa Senhora Aparecida, também recebeu o reconhecimento da CNBB.

Na categoria documentário de longa-metragem o ganhador foi “Família Braz – Dois Tempos”, de Dorrit Harazim e Arthur Fontes. Nesta mesma categoria, foi premiado também “Augusto Boal e o teatro do oprimido”, de Zelito Viana.

Manu Santos encerrou o evento, encantando os participantes do 7º Muticom com a suavidade e beleza da sua voz.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Feliz Dia do Amigo!

Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas chamei-vos amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos dei a conhecer. 
João 15:15

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Muticom começa na PUC Rio

O 7º Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom) teve início na tarde deste domingo, 17 de abril, na Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), na Gávea, Rio de Janeiro. Com o lema “Comunicação e vida: Diversidade e Mobilidades”, o evento, que acontecerá até o próximo dia 22, pretende motivar as comunidades brasileiras a refletirem sobre a comunicação relacionada com a vida cotidiana e suas expressões.

Representantes de todas as diocese do Brasil, repletos de expectativas para a grande ocasião de aprendizagem que o Muticom proporciona, se reuniram na Igreja Sagrado Coração de Jesus para entregarem a Deus, durante a Missa de abertura do evento, todas as necessidades da comunicação social no Brasil.

O presidente do Conselho Pontifício de Comunicação Social, Dom Claudio Maria Celli presidiu a Celebração Eucarística. Concelebraram o presidente da Comissão Episcopal de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Dimas Lara Barbosa; o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta; o Bispo de Picos (Paraná), Dom Plínio José Luz da Silva; o Bispo de Guarapuava (Paraná), Dom Antônio Wagner da Silva, o coordenador geral do 7º Muticom, Padre Omar Raposo, e diversos membros do clero presentes ao evento.

Durante a homilia, ao refletir sobre o texto do evangelho em que Jesus conta a parábola do joio e do trigo, Dom Celli destacou que Jesus explica que poderia haver uma sociedade de homens puros e santos, mas que se não é assim é justamente porque existe um tempo especial da parte de Deus, “tempo de espera, tempo de corrida para a conversão dos pecadores, um verdadeiro tempo de misericórdia”.

- O anúncio desta tarde é um anúncio de esperança. As forças do mal não podem sufocar as forças de santidade, que, mesmo que ainda brotando, não podem ser destruídas. (...) O mal não vai prevalecer, lembrou Dom Celli.
O presidente do Conselho Pontifício de Comunicação Social falou de forma bastante afetuosa sobre os profissionais de comunicação que atuam em veículos católicos. E também recordou daqueles que, religiosos, trabalham em mídias leigas.

- Eu diria que a comunicação faz parte da vida dessas pessoas, é sua vida mesmo. Vivem sua profissão com dedicação, a assumem com um coração de católico, destacou.

A reflexão pontuou ainda sobre a necessidade do comprometimento de cada pessoa para que, cada vez mais haja na comunicação uma linguagem de justiça e verdade. Sempre tendo viva a certeza de que o comunicador cristão deve lembrar que, para ele, “a verdade é Cristo, o Senhor”.

Ao explanar sobre o tema deste 7º Muticom, Dom Celli deu destaque à importância de se pensar sobre a diversidade. Segundo ele, conforme o Papa Bento XVI vem frequentemente recordando, nesta sociedade pluricultural deve se estabelecer um diálogo respeitoso com o outro. E nessa trajetória é preciso lembrar que o tempo do outro é diferente e que a verdade dele também pode ser.

- Uma comunicação verdadeira precisa ser permeada por respeito pela dignidade do outro, enfatizou.

O presidente do Conselho Pontifício de Comunicação Social pontuou que, nesse contexto da apresentação da verdade ao outro, a grande tentação do comunicador é ser opressivo e também superficial – o que deve ser evitado.

Dom Celli finalizou a homilia convocando cada um a ser fiel ao seguimento da Palavra de Deus, a anunciando a qualquer homem e mulher que encontre em seu caminho.

* Fonte: Portal da Arquidiocese do Rio

sábado, 16 de julho de 2011

+ Nota de Falecimento

Informamos o falecimento da saudosa amiga de nossa comunidade Dona Elvira Salgado na última quinta-feira. 
Dona Elvira já participava de nossa comunidade há muitos anos, participando sempre da Missa com sua simplicidade e descrição. À família nossos profundos sentimentos e tenham a certeza de que Dona Elvira ficará para sempre marcada em nossas lembranças.
A família aproveita para comunicar o Missa de 7º dia que será na próxima quarta-feira, dia 20 de julho, às 17h na Capela do Menino Deus.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Paróquia de Sant'Ana, no Centro, convida para a festa da padroeira

A Paróquia de Sant´Ana fica localizada na Praça Dom Sebastião Leme, 11, Centro.
Tel.: 2224-0710

*Tríduo de 23 a 25 de julho – 18h

Dia 26 de julho (terça-feira)Festa de Sant’Ana e São Joaquim

Missas:

6h – 7h – 8h – 9h –10h (Missa dos netinhos) – 11h – 12h – 13h – 14h

15h (Missa solene pelas avós e pelos avôs, presidida pelo Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta)

- 17h - 18h –

19h (Missa Solene pela cidade do Rio de Janeiro)

20h: Procissão Luminosa de Sant´Ana pelas ruas do Centro.

Durante todo dia 26, haverá no átrio da Igreja, quermesse com barraquinhas das diferentes pastorais.

Sant`Ana é considerada a Padroeira das avós, por ser avó de Jesus. Segundo o vigário episcopal do Vicariato Urbano e pároco da Igreja de Sant´Ana, no Centro, Sant´Ana e São Joaquim moravam em Jerusalém, bem próximo do templo. E também que eles não tinham filhos. Só com a idade avançada foi que eles tiveram Maria, a única filha. A grande tradição fala que eram um casal muito piedoso e que eles sabiam que Maria tinha uma coisa de especial.

A imagem da Santa, representada com a Bíblia na mão junto da filha adolescente, remonta o que ensina a tradição com relação a ela ser uma pessoa piedosa e conhecedora do Antigo Testamento, sendo, assim, aquela que preparou Maria para ser a mãe de Jesus. Seus ensinamentos levaram-na a corresponder à ação do Espírito Santo e aceitar com fé o pedido de Deus Com este exemplo, Maria também ensinou seu filho Jesus.

Além de Padroeira das avós, Sant´Ana é também Padroeira secundária da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, e intercessora dos universitários e dos catequistas.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Esclarecimento sobre o uso do avião da FAB pela Arquidiocese do Rio

O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, viajou a Campo Grande (MS) no dia 10 de julho último a bordo de um avião da Força Aérea Brasileira que, no estrito cumprimento de suas atribuições, pôe à disposição dos cidadãos brasileiros suas aeronaves de transporte sempre que houver necessidade e disponibilidade.Dom Orani e os bispos auxiliares e padres que o acompanharam foram assistir à posse do novo Arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, ex bispo-auxiliar do Rio de Janeiro e figura destacada graças a seu trabalho à frente das pastorais sociais da Arquidiocese.Num gesto de agradecimento à FAB, a Arquidiocese ofereceu uma contribuição ao Programa Fome Zero do governo federal, a ser usado na região amazônica, onde, desde a criação do Correio Aéreo Nacional, a Igreja Católica e a Força Aérea Brasileira, são parceiras no serviço ao povo brasileiro.

Segundo o site da Força Aérea Brasileira (http://www.fab.mil.br/portal ), para viajar em aeronaves da FAB, em território nacional, por meio de inscrição no Correio Aéreo Nacional (CAN), é necessário apenas que o cidadão brasileiro se dirija ao posto do CAN de sua cidade, informe para onde deseja viajar e dê o seu nome para ser incluído na fila de espera. O serviço não é apenas para pessoas que exercem cargos públicos ou para os militares e seus familiares, como muitos imaginam. A FAB garante que não há discriminação quanto a profissão, naturalidade ou credo religioso dos passageiros inscritos. A viagem está condicionada apenas à disponibilidade de vagas e de aeronave com destino ao lugar requerido. Porém, a aeronave não possui o conforto de um avião comercial e nem serviço de bordo.

*Fontes: Portal da Arquidiocese do Rio de Janeiro e Nota do Padre Márcio Queiróz, animador do Vicariato Urbano

Festa de N.S. do Carmo no Centro

No próximo sábado, dia 16 de julho, às 8h, será celebrada uma Missa Solene na Nossa Senhora do Carmo, na Antiga Sé, para abrir as festividades da Padroeira. O Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Nelson Francelino, presidirá a celebração.

Haverá Missas durante o dia sendo a última as 16 horas.

A Nossa Senhora do Carmo fica à Rua Sete de Setembro, 14, no Centro.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Seminário de Vida no Espírito Santo na Capela do Menino Deus

O Grupo de Oração Menino Deus convida para o Seminário de Vida no Espírito Santo na Capela do Menino Deus que durará 10 semanas começando no próximo dia 01º de agosto. O encontro será toda segunda-feira às 18:45 logo após a Santa Missa.

sábado, 9 de julho de 2011

Vem aí o novo Jornal O Testemunho de Fé! Não perca!


Uma das grandes novidades na Pascom Rio nesse final de semana é a edição 700 no Jornal da Arquidiocese do Rio de Janeiro, O Testemunho de Fé. O novo Jornal trará novidades, será mais dinâmico, mais matérias, novo formato e mais conhecimento ao povo católico. O Jornal já está disponível a partir desse sábado (09) em diversas Paróquias e Lojas Católicas espalhadas por todo o Município do Rio de Janeiro.

Criado em 1992 pelo Padre Antônio Carpinteiro, sua primeira edição teve apenas 30 exemplares. Durante esses quase 20 anos, o jornal de preto e branco passou a ser colorido, foi modificado diversas vezes e no ano 2000 passou a ser o principal veículo de comunicação da Arquidiocese do Rio de Janeiro junto com a Rádio Catedral.

Em nosso Blog, há um link logo abaixo do título. Esse link quando clicado, é redirecionado diretamente para o site virtual do Jornal. Além desse link, há juntamente links diretos para os sites da Arquidiocese do Rio, Rádio Catedral, Vicariato Urbano, Vaticano, Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro e da Web TV Redentor que você pode acessar quando quiser!

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Padre Eduardo é fotografado no Jornal O Testemunho de Fé

Nosso Pároco e Capelão Padre Eduardo Braga foi fotografado na Procissão de Corpus Christi pela nossa Pastoral da Comunicação na pessoa do Coordenador Ariel Carvalho. Assim como no Especial de São Sebastião em janeiro deste ano em que tivemos a felicidade de estarmos presente no Caderno Especial do Jornal, mais uma vez só que agora na Procissão de Corpus Christi, tivemos essa alegria de poder colaborar para esse tão magnífico veículo de comunicação da Arquidiocese do Rio de Janeiro. O Caderno Especial saiu na Edição do último domingo dia 03 na edição 699. 
Leia o Jornal O Testemunho de Fé On Line - http://www.bancadigital.com.br/otestemunhodefe/reader2/

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Rádio Catedral promove concurso de jingles



A Rádio Catedral está fazendo um concurso de Jingles nesse mês de julho, o Mês do Amigo, que é totalmente dedicado à amizade.

Gostaríamos de envolver os jovens e o pessoal ligado à música. O vencedor terá seu jingle veiculado durante 01 semana na Rádio, além de ganhar um microfone SHURE.

Peço, se possível, a gentileza de divulgarem entre os jovens e àqueles que fazem parte da música na paróquia.

Segue o vídeo promocional de divulgação:


Muito obrigado!
Um abraço!

Diogo Fernandes - Rádio Catedral 106,7FM

terça-feira, 5 de julho de 2011

Inscrições para a Muticom são prorrogadas até 06 de julho


Foram prorrogadas, até o dia 6 de julho, as inscrições para o 7º Mutirão Brasileiro de Comunicação. Durante o evento, os participantes contarão com uma vasta programação acadêmica, litúrgica e cultural. A inscrição custa R$ 80 e dá direito a participar de todas as atividades do evento, exceto as oficinas-visita, que terão um custo extra de R$ 40 por local, para as despesas com transporte. Quem tiver dúvidas no momento da inscrição pode recorrer à ajuda online ou ligar para o telefone (21) 2292-3132, ramal 224.

As manhãs do Muticom serão dedicadas aos painéis temáticos, nos quais vão ser discutidos os caminhos e desafios da comunicação tanto na Igreja, quanto no mundo. Nesses painéis, está confirmada a presença de Dom Claudio Maria Celli, presidente do Conselho Pontifício de Comunicação Social, do cineasta Cacá Diegues, do Diretor da Central Globo de Comunicação Luiz Erlanger, do jornalista e apresentador da Globo News André Trigueiro, entre outros convidados. À tarde, os inscritos poderão participar das oficinas técnicas, gerenciais ou pastorais, ministradas por professores da PUC-Rio e de instituições de todo o Brasil. Serão aulas práticas, com conteúdos pensados para melhorar a comunicação nas comunidades, em diferentes mídias. Além das oficinas, os Grupos de Trabalho serão espaços para discussões teóricas relacionadas à comunicação na Igreja.E como oração e ação caminham juntas, as atividades do Muticom incluem Oração da Manhã, Angelus e Missa com Vésperas, além da Adoração ao Santíssimo Sacramento ao longo de todos os dias. A programação litúrgica será realizada na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no próprio Campus da PUC-Rio.Durante todo o evento, os participantes poderão visitar a Feira da Comunicação, com estandes de diferentes instituições. Na feira, no anfiteatro e em outros espaços do campus, diferentes atividades culturais acontecerão ao longo dos dias, com apresentações de artistas católicos e de MPB. O destaque desta edição do Muticom é a participação do cantor Jorge Vercillo e da Bateria da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis.Outro ponto alto do Muticom será a entrega dos prêmios da CNBB, transmitida ao vivo pela Rede Vida de Televisão. O evento terá a participação do Padre Fábio de Melo, que irá entregar o prêmio Clara de Assis de Televisão e deve apresentar uma de suas músicas.


Painéis

Domingo, 17 de Julho de 2011
18h: Solenidade de AberturaParticipantes: Dom Claudio Maria Celli, Presidente do Conselho Pontifício de Comunicação Social; Dom Frei Leonardo Ulrich Steiner, OFM, Secretário Geral da CNBB; Dom Orani João Tempesta, O.Cist., Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro; Dom Dimas Lara Barbosa, Presidente da Comissão Episcopal de Comunicação da CNBB e Arcebispo da Arquidiocese de Campo Grande; e Padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J., Reitor da Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Local: Ginásio da PUC-Rio
19h: Conferência de Abertura - Comunicação e Vida: Diversidade e MobilidadesConferencista: Monsenhor Dario Viganò – Professor da Pontifícia Universidade Lateranense e Presidente da Fundação Ente dello Spettacolo de Roma.
Local: Ginásio da PUC-Rio
Segunda-feira, 18 de Julho de 2011
9h: Painel - Concepção, filosofia, estruturas e modalidades da Comunicação na Igreja e a imagem da Igreja na mídiaConferencistas: Dom Claudio Maria Celli, Presidente do Conselho Pontifício de Comunicação Social; Dom Frei Leonardo Ulrich Steiner, OFM., Secretário Geral da CNBB; Dom  Orani João Tempesta, O.Cist., Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro; Dom Dimas Lara Barbosa, Presidente da Comissão Episcopal de Comunicação da CNBB e Arcebispo da Arquidiocese de Campo Grande;  e Luiz Erlanger, Diretor da Central Globo de Comunicação.Moderador: Padre Marcos William Bernardo, Vigário Episcopal para a Comunicação da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.
Local: Ginásio da PUC-Rio
13h30m às 15h30m: Seminário das Organizações e Instituições Católicas de Comunicação do Brasil Conferencistas: Irmã Helena Corazza, Presidente da Associação Católica de Comunicação - Signis Brasil; Frei Carlos Romanini, Presidente da Rede Católica de Rádio (RCR); Padre César Moreira, C.Ss.R., Diretor Geral da TV Aparecida e Vice-Presidente da Signis/Brasil; Padre Eduardo Dougherty, Scj., Presidente da Associação do Senhor Jesus ASJ/TV Século 21; Ronaldo Silva, jornalista e representante do Sistema Canção Nova de Comunicação; e Monteiro Neto, Diretor da Rede Vida de Televisão.Moderador: Padre Marcio Queiroz, Assessor para a Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.15h30m às 16h30m - Debates
Local: Ginásio da PUC-Rio
17h às 18h: Conferência - Uma Reflexão sobre a Mídia ContemporâneaConferencista: Wilson Gomes, professor titular da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (UFBA).
Local: Ginásio da PUC-Rio
Terça-feira, 19 de Julho de 2011
9h: PAINEL I - Documentário, ficção e vida cotidianaTema: A vida captada e narrada pelos meios de comunicação. Realidade e ficção. Interpretação e pontos de vista. A riqueza dos olhares e do diálogo. Ver, ouvir, sentir e estar no mundo. Conferencistas: Carlos Diegues, cineasta; Marcelo Canellas, jornalista da Rede Globo de Televisão; Moira Toledo, professora da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP); e Coronel Robson Rodrigues da Silva, Comandante Geral das Unidades de Polícia Pacificadora do Rio de Janeiro (UPPs)Moderador: Padre José Fernandes , S.J., Coordenador do Centro Loyola de Fé e Cultura.
Local: Ginásio da PUC-Rio
9h: PAINEL II – Exibição do filme Bicho de sete cabeças, de Laís Bodansky - Prêmio Margarida de Prata da CNBB de 2001Sinopse: Neto (Rodrigo Santoro) é um jovem de classe media baixa que leva uma vida comum até o dia em que o pai (Othon Bastos) o interna em um manicômio, depois de encontrar um cigarro de maconha em seu bolso.  No manicômio, Neto conhece uma realidade desumana, onde os internos sofrem com um sistema corrupto e cruel.11h: Debate: nomes a confirmar
Local: Auditório do RDC
Quarta-feira, 20 de julho de 2011
9h: PAINEL I - Comunicação como processo de valorização da vidaTema: A comunicação como centro da vida humana. Processos de constituição dos sujeitos nas relações existenciais cotidianas. O amor como natureza primeira da vida humana. O lugar de Deus e do ambiente no desenvolvimento do homem e das sociedades.Conferencistas:  Padre Josafá Carlos de Siqueira, S.J., Reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; André Trigueiro, professor do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio e jornalista da Globo News; Maria Clara Bingemer, professora do Departamento de Teologia da PUC-Rio; e Joel Birman, Professor do Instituto de Psicologia da UFRJ.Moderador: Padre Geraldo Martins, Assessor de Comunicação da CNBB
Local: Ginásio da PUC-Rio
9h: PAINEL II - Exibição do filme Serras da desordem, de Andrea Tonacci - Prêmio Margarida de Prata da CNBB de 2008Sinopse: Carapirú é um índio nômade, que escapa de um ataque surpresa de fazendeiros. Durante 10 anos, perambula sozinho pelas serras do Brasil central até ser capturado, em novembro de 1988, e levado a Brasília pelo sertanista Sydney Possuelo, tornando-se manchete por todo país e centro de uma polêmica entre antropólogos e linguistas em relação à sua origem e identidade. 11h: Debate com Andrea Tonacci, cineasta; Ismail Xavier, professor da Escola de Comunicação da USP; e Liliane Heynemann, professora do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio.
Local: Auditório do RDC
Quinta-feira, 21 de julho de 2011
9h: PAINEL I - Jovens, novas comunidades e redes sociaisTema: Novas configurações das relações sociais. O lugar dos jovens na construção da sociabilidade contemporânea. O futuro da comunicação.Conferencistas: Santuza Naves, professora do Departamento de Sociologia e Política da PUC-Rio; Silvia Ramos, Cientista Social da Universidade Cândido Mendes; Ricardo Chagas, Consultor Educacional; e Adriana Braga, professora do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio. Moderador: Cônego Djalma Rodrigues de Andrade, Reitor da Igreja do Sagrado Coração de Jesus / PUC-Rio.
Local: Ginásio da PUC-Rio
9h: PAINEL II - Exibição do filme O longo amanhecer – Cinebiografia de Celso Furtado, de José Mariani - Prêmio Margarida de Prata da CNBB de 2006. Sinopse: Uma análise das ideias de Celso Furtado e da participação do economista em diversos projetos desenvolvidos no Brasil a partir dos anos 1940. Através de depoimentos de intelectuais e de imagens de época, é formado um panorama da história recente do Brasil.11h: Debate com José Mariani, cineasta e professor do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio; Rosa Furtado, jornalista e diretora do Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento; Angeluccia Habert, Diretora do Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio; e Ricardo Ismael, professor do Departamento de Sociologia e Política da PUC-Rio.
Local: Auditório do RDC
Sexta-feira, 22 de julho de 2011
9h: Painel I - A representação da felicidade nos processos comunicativos Tema: Experiência da imanência e da transcendência num mundo diverso e mutante. Autorrealização e o envolvimento com o outro. A vida como princípio fundamental da dignidade humana. Conferencistas: Jurandir Freire Costa, psicanalista e professor do Instituto de Medicina Social da UERJ; Padre Jesus Hortal Sánchez, S.J., professor do Departamento de Teologia da PUC-Rio; e João Freire Filho, professor da Escola de Comunicação da UFRJ.Moderador: Irmã Helena Corazza, Presidente da Signis Brasil.
Local: Ginásio da PUC-Rio
9h: PAINEL II - Exibição do filme Eles não usam black-tie, de Leon Hirszman - Prêmio Margarida de Prata da CNBB de 1982.Sinopse: Operário engravida a namorada e resolve se casar. Paralelamente, a empresa em que ele trabalha entra em greve. Quando resolve furar o movimento para garantir o emprego, o operário entra em um embate com seu pai, o líder da greve.11h: Debate: nomes a confirmar.
Local: Auditório do RDC

INSCREVA-SE JÁ!

DÚVIDAS? 
LIGUE PARA (21) 2292-3132, ramal 224

Translate