quinta-feira, 30 de junho de 2011

Festa Julina na Paróquia Santa Teresa

Nossa Paróquia vizinha de Santa Teresa situada na Rua Áurea 71, no Bairro de Santa Teresa, convida todos para sua Festa Julina que será realizada nos dias 08, 09 e 10 de julho.

terça-feira, 28 de junho de 2011

PASCOM se reúne na Mitra Arquidiocesana

As 19:30 dessa terça-feira (28), foi realizado no auditório da Mitra Arquidiocesana na Glória, um encontro entre cerca de 200 agentes da Pastoral da Comunicação de toda a Arquidiocese do Rio de Janeiro. Padre Marcio Queiroz abriu o encontro como sendo o Animador da Pascom na Arquidiocese. Em seguida, Padre Omar falou sobre a Muticom e Padre Marcos incentivou a participação em Massa do 7º Mutirão Brasileiro de Comunicação que será de de 17 a 22 de julho deste ano na PUC - Rio. Para os interessados em participar, as inscrições estão sendo feitas pelo site http://www.arquidiocese.org.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm. O Arcebispo Dom Orani encerrou o encontro com a Bênção Final.

Vaticano lançará novo site de comunicação

O Vaticano lançará na próxima quarta-feira, 29 de junho, um novo portal multimídia chamando "News.va", onde poderão ser encontradas as principais notícias elaboradas por meios de comunicação da Santa Sé, entre eles a emissora Radio Vaticano e o jornal L'Osservatore Romano.

O site foi apresentado nesta segunda-feira pelo Presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, o Arcebispo Dom Claudio María Celli, que afirmou que a nova ferramenta começará a funcionar durantes as festividades de São Pedro e São Paulo, fundadores da Igreja Católica, e durante o 60º aniversário da ordenação sacerdotal de Bento XVI.

O próprio Pontífice vai inaugurar o novo portal, o que demonstra, segundo Dom Celli, a importância que o Papa dá às novas formas de comunicações.

O novo Portal terá inicialmente versões em italiano e inglês, mas em breve poderá ser consultado também em português, espanhol e francês.

- O site permitirá ao visitante acessar imediatamente as principais notícias, tanto impressas como as emitidas pela Radio Vaticano e as imagens do Centro Televisivo Vaticano, afirmou Dom Celli.

Ele acrescentou que as notícias serão focadas nas atividades e discursos de Bento XVI, informações das congregações da Santa Sé e eventos e situações mais importantes que ocorram no mundo, relacionados com diferentes igrejas locais.

Segundo Dom Celli, o "News.va" não terá uma linha editorial específica e todos os meios de comunicação do Vaticano continuarão gozando de autonomia e identidade próprias.

Além do jornal, da rádio e da televisão da Santa Sé, o novo portal utilizará como fontes a agência "Vatican Information Service" (VIS) e a agência "Fides" (ligada à Congregação para a Evangelização dos Povos).

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Corpus Christi reúne 150 mil no Centro do Rio

As Avenidas Rio Branco e Chile, que figuram entre as mais movimentadas do Rio de Janeiro, foram palco de uma esplendorosa manifestação de fé, na tarde desta quinta-feira, 23 de junho: mais de cem mil pessoas estiveram reunidas na Procissão de Corpus Christi.

Após presidir a oração das 15h, na Igreja da Candelária, o Arcebispo Metropolitano, Dom Orani João Tempesta, unido a todo o clero da Arquidiocese do Rio de Janeiro, deu início à Procissão em honra ao Corpo de Cristo. Jesus Eucarístico foi conduzido à bela carruagem histórica, especialmente ornamentada por rosas para a ocasião. A Guarda de Honra do Santíssimo Sacramento foi composta pelo Regimento de Cavalaria Montada, pela Guarda da Polícia Militar com uniforme do tempo do Império e pela Guarda Independência do Palácio Guanabara.Católicos de todos os cantos da Arquidiocese se reuniram em torno do Pastor para homenagearem Jesus Eucarístico.— Este momento é muito especial para os cristãos: viemos para fazer uma homenagem a Jesus, ao seu corpo e sangue, alma e divindade. Hoje, Jesus está andando pelas ruas do Rio de Janeiro e nós estamos aqui, ao lado dele, louvando, agradecendo e bendizendo por seu Corpo Sagrado no meio de nós. É um dia especial para agradecer porque Jesus quis se dar a nós num simples pão, e isso é lindo, expressou Rosa da Silva Guimarães, que atua como Ministra Extraordinária da Sagrada Comunhão na Paróquia Nossa Senhora do Carmo, em Vicente de Carvalho— Este momento é a manifestação pública da nossa fé na presença real de Jesus na Eucaristia. Muitos não compreendem, não entendem, mas é o mistério da fé: ele quis permanecer conosco na Eucaristia, verdadeiramente vivo, ressuscitado, lembrou Fabio Alexandre, da Capela São Pedro de Alcântara, em Ricardo de Albuquerque.— Expor para a nossa sociedade que saímos de dentro da nossa igreja, da nossa casa, para estar caminhando com Jesus Eucarístico pelo centro da Cidade é mostrar a todos que Cristo para nós é a felicidade verdadeira, a alegria que não passa. Então, a festa de hoje, para mim, tem o significado de caminhar em direção ao que é a verdadeira felicidade, ao que é eterno. Eu, enquanto jovem, escolhi a busca dessa felicidade verdadeira que está só em Jesus, contou Walmyr Gonçalves da Silva Júnior, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na Penha Circular.Este grande evento da Arquidiocese mobiliza também as forças militares locais. Mas até mesmo aqueles que estão presentes na procissão por precisarem cumprir uma escala de trabalho percebem a força da presença eucarística do Senhor e se entusiasmam com a fé testemunhada pelo povo.— Para mim, participar é importante, e inclusive a minha família vem participar também. É um grande presente poder estar aqui fazendo o meu trabalho e, ao mesmo tempo, poder acompanhar e rezar, contou Alberto Cole, do Regimento de Cavalaria da Guarda Lanceira, que atua na Paróquia Nossa Senhora do Desterro, em Campo Grande.Muitas crianças também estavam participando da procissão, junto com familiares. A transmissão da fé pelo testemunho público de tantos fiéis pareceu mesmo ser um dos objetivos de muitas famílias.— Demonstrar aos filhos a fé das pessoas, a devoção, ajuda a ensinar a ter esperança no futuro, a perceber que existem bons exemplos e que a religião faz parte disso, nos incentiva a viver o bem. O exemplo do Cristo, o exemplo da Igreja e o de tantas pessoas que vivem em comunidade precisam ser coisas apresentadas aos filhos, assim, na prática, mesmo eles sendo ainda tão pequenos. Por isso eu e minha esposa, que viveu muitos anos afastada da fé católica, agora fazemos questão de trazer as crianças para essa nossa vivência, partilhou o casal Rogério e Angélica Prado Martins.

Um momento bastante marcante desse testemunho público de fé foi a chegada da procissão à Avenida Chile, onde mais de 1500 pessoas, vindas de todas as paróquias da Arquidiocese, passaram a madrugada trabalhando na confecção dos tapetes artesanais. Foram 500m de tapete oferecidos pelos católicos do Rio de Janeiro como homenagem a Jesus Eucarístico.Ao final da procissão, no altar especialmente montado em frente à Catedral Metropolitana, Jesus Sacramentado foi exposto para a adoração. Durante o momento de reflexão, diante do Santíssimo Sacramento, o Arcebispo explicou o valor e a importância desse encontro de fé:

— Nós viemos às ruas para dizer que nós somos um povo que tem consigo Jesus Cristo e que, por isso mesmo, diante das adversidades, das dores, sofrimentos, dos desafios e, ao mesmo tempo, dos nossos sonhos, das nossas buscas, nós temos conosco a presença de Jesus Cristo. (...) Queremos dizer para nós mesmos e para toda a sociedade que aqui está um povo que Deus escolheu e que acredita na presença de Jesus em nosso meio. Povo que foi chamado, foi vocacionado para testemunhá-lo.(...) Que a nossa participação na eucaristia nos transforme cada vez mais em outros cristos, cristãos. (...) Faz parte da nossa missão que ajudemos a preparar o coração de tantas pessoas para acolher o Cristo, ajudando, ao fazer cada um a sua parte, para que as pessoas sejam mais belas, cheias da graça de Deus. Nós louvamos a Deus porque somos o povo que ele escolheu para servir, para evangelizar e anunciar a sua presença neste nosso tempo. Apesar das nossas dificuldades e fragilidades, aqui estamos para dizer “aqui estou, Senhor!”, partilhou Dom Orani.Enquanto a grande imprensa se surpreendeu com a multidão que quis se unir a Jesus Eucarístico, o Arcebispo compreendeu a expressão de fé do povo carioca:

— É uma resposta do povo de Deus que quer manifestar a sua fé, que quer dizer ao mundo como é bom ter Deus conosco, ter Cristo conosco. (...) Tudo demonstra o carinho do nosso povo que parece querer mesmo dizer: é bom estar com o Senhor! O povo carioca é um povo católico, cristão, de fé, que demonstra bem isso, seja pela multidão que participa desse momento celebrativo, seja pelas atitudes e gestos dela. É bom estarmos juntos e por isso não devemos ter medo de estar juntos. Assim como preparamos o caminho do Senhor, somos chamados a, onde quer que nós sejamos levados, levarmos o bem e a fraternidade, a mensagem de uma notícia feliz e alegre aos amigos, aos vizinhos, aos familiares, àqueles de onde nós trabalhamos, disse Dom Orani.

*FOTOS: Ariel Carvalho
*TEXTO: Portal da Arquidiocese do Rio

Corpus Christi na Capela do Menino Deus

Hoje pela manhã foi celebrada Missa Solene por nosso Pároco Eduardo Braga às 9 horas. A Missa de Corpus Christi foi marcada pela memória do 7º dia de falecimenmto de Dona Maria do Carmo, nossa querida Dodô.
Acompanhe no vídeo da proclamação do Evangelho.

Tudo pronto para a procissão de Corpus Christi no Centro

Hoje (23), foi celebrada Missa Solene no Santuário de Adoração Perpétua na Paróquia de Santana no Centro pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani. Concelebraram os Bispos Auxiliares, Dom Pedro e Dom Nélson, além do Vigário Episcopal Urbano e Pároco do Santuário, Padre José Laudares e outros sacerdotes presentes.
Ao final, Dom Orani deu a bênção com o Santíssimo e convidou a todos para a procissão às 16h saindo na Igreja da Candelária em direção à Catedral. Passamos de manhã pela Avenida Chile e conferimos o belíssimo trabalho que está sendo feito pelas diversas Paróquias da Arquidiocese desenhando em tapetes de sal para a passagem do Santíssimo Sacramento.

O palco em frente à Catedral já está pronto para o encerramento da 85ª Semana Eucarística da Arquidiocese do Rio.
*FOTOS: Ariel Carvalho

Conheça a história da festa de Corpus Christi

A Festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV com a Bula "Transiturus" de 11 de agosto de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes.

O Papa Urbano IV foi o cônego Tiago Pantaleão de Troyes, arcediago do Cabido Diocesano de Liège na Bélgica, que recebeu o segredo das visões da freira agostiniana, Juliana de Mont Cornillon, as quais exigiam uma festa da Eucaristia no Ano Litúrgico.

Juliana nasceu em Liège em 1192 e participava da paróquia Saint Martin. Com 14 anos, em 1206, entrou para o convento das agostinianas em Mont Cornillon, na periferia de Liège. Com 17 anos, em 1209, começou a ter 'visões', exigindo da Igreja uma festa anual para agradecer o sacramento da Eucaristia. Com 38 anos, em 1230, confidenciou esse segredo ao arcediago de Liège, que 31 anos depois, por três anos, se tornaria o Papa Urbano IV (1261-1264), tornando mundial a Festa de Corpus Christi, pouco antes de morrer.

A "Fête Dieu" começou na paróquia de Saint Martin em Liège, em 1230, com autorização do arcediago para procissão Eucarística só dentro da igreja, a fim de proclamar a gratidão a Deus pelo benefício da Eucaristia. Em 1247, aconteceu a primeira Procissão Eucarística pelas ruas de Liège, já como festa da diocese. Depois se tornou festa nacional na Bélgica. A festa mundial de Corpus Christi foi decretada em 1264, 6 anos após a morte de irmã Juliana em 1258, com 66 anos.

Santa Juliana de Mont Cornillon foi canonizada em 1599 pelo Papa Clemente VIII.

Celebração
O decreto do Papa Urbano IV teve pouca repercussão, porque ele morreu em seguida. Mas se propagou por algumas igrejas, como na diocese de Colônia na Alemanha, onde Corpus Christi é celebrada antes de 1270. O ofício divino, seus hinos, a sequência 'Lauda Sion Salvatorem' são de Santo Tomás de Aquino (1223-1274), que estudou em Colônia com Santo Alberto Magno. Essa festa [Corpus Christi] tomou seu caráter universal definitivo, 50 anos depois de Urbano IV, a partir do século XIV, quando o Papa Clemente V, em 1313, confirmou a Bula de Urbano IV nas Constituições Clementinas do Corpus Júris, tornando a Festa da Eucaristia um dever canônico mundial.

Em 1317, o Papa João XXII publicou esse Corpus Júris com o dever de levar a Eucaristia em procissão pelas vias públicas. O Concílio de Trento (1545-1563), por causa dos protestantes, da Reforma de Lutero, dos que negavam a presença real de Cristo na Eucaristia, fortaleceu o decreto da instituição da Festa de Corpus Christi, obrigando o clero a realizar a Procissão Eucarística pelas ruas da cidade, como ação de graças pelo dom supremo da Eucaristia e como manifestação pública da fé na presença real de Cristo na Eucaristia.

Em 1983, o novo Código de Direito Canônico – cânon 944 – mantém a obrigação de se manifestar "o testemunho público de veneração para com a Santíssima Eucaristia" e "onde for possível, haja procissão pelas vias públicas", mas os bispos escolham a melhor maneira de fazer isso, garantindo a participação do povo e a dignidade da manifestação.

Sacramento
A Eucaristia é um dos sete sacramentos e foi instituída na Última Ceia, quando Jesus disse: "Este é o meu corpo...isto é o meu sangue... fazei isto em memória de mim". Porque a Eucaristia foi celebrada pela primeira vez na Quinta-Feira Santa, Corpus Christi se celebra sempre numa quinta-feira após o domingo depois de Pentecostes.

Na véspera da Sexta-Feira Santa, a morte na cruz impede uma festa solene e digna de gratidão e doutrinação. Porque a Última Ceia está no Novo Testamento, os evangélicos lhe têm grande consideração, mas com interpretação diferente.

Para os luteranos e metodistas, a Eucaristia é sacramento, mas Cristo está presente no pão e no vinho apenas durante a celebração, como permanência e não transubstanciação. Outras igrejas cristãs celebram a Ceia como lembrança, memorial, rememoração, sinal, mas não reconhecem a presença real de Cristo nela. Mas alguma coisa existe em comum que, por intermédio da Eucaristia, une algumas Igrejas cristãs na Eucaristia, ensina o Concílio Vaticano II, no decreto "Unitatis Redintegratio".

A Eucaristia é também celebração do amor e união, da comum-união com Cristo e com os irmãos. Ela [Eucaristia], que é a renovação do sacrifício de Cristo na cruz, significa também reunião em torno da mesa, da vida e da unidade para repartir o pão e o amor. E é o centro da vida dos cristãos: "Eu sou o Pão da Vida, que desceu do céu para a vida do mundo, por meio da vida de comum-união dos cristãos".

Ornamentação
A decoração das ruas para a Procissão de Corpus Christi é uma herança de Portugal e tradição brasileira. Muitas cidades enfeitam suas ruas centrais com quilômetros de tapetes, feitos de serragem colorida, areia, tampinhas de garrafa, cascas de ovos, pó de café, farinha, flores, roupas e outros ingredientes.

* Foto: Victor Gonzalez

terça-feira, 21 de junho de 2011

Clero realiza Hora Santa na Paróquia de Santana

HORA SANTA do Clero e Seminaristas, Clubes Vocacionais, OVS, Pastoral Vocacional.

Na noite da última segunda-feira (20), o clero da Arquidiocese do Rio de Janeiro realizou a Hora Santa às 20h na Igreja de Santana no Centro em preparação para a grande solenidade de Corpus Christi na próxima quinta-feira. Na cerimônia presidida pelo Arcebispo Dom Orani, Estiveram presentes Bispos Auxiliares, seminaristas, diáconos e sacerdotes de diversas Paróquias da Arquidiocese.

Segue a programação dos dois últimos dias da Semana Eucarística 2011. Participe!

Quarta-feira – 22/06/2011
10:00 – HORA SANTA com o Vicariato Episcopal para a Comunicação Social: Artista, Rádio Catedral, Jornal “O Testemunho de Fé” e outros.
15:00 – HORA SANTA dos Círculos Bíblicos e Grupos de Reflexão.
20:00 – HORA SANTA do Vicariato para a Caridade Social: Ação Católica Operária, Banco da Providência, Círculos Operários, Juristas Católicos, Juventude Operária Católica, Liga Católica Jesus, Maria e José, M.F.C., Médicos Católicos, Pastoral da Criança, Pastoral da Saúde, Pastoral da Sobriedade, Pastoral da Terceira Idade, Pastoral das Domésticas, Pastoral das Favelas, Pastoral do Menor, Pastoral do Trabalhador, Pastoral Penal, Renovação Cristã, Toca de Assis.

Quinta-feira – 23/06/2011 – SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI
10:00 – SOLENE CONCELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA presidida pelo Eminentíssimo Senhor DOM ORANI JOÃO TEMPESTA, O. CIST. Arcebispo da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.
16:00 – PROCISSÃO DE CORPUS CHRISTI – Da Igreja da Candelária para a Catedral de São Sebastião


Nosso Pároco e Capelão, Padre Eduardo Braga. e nosso Pároco Emérico, Padre Abdias Lopes, estiverem presentes como mostram as fotos feitas pela Pascom do Vicariato Urbano.

Inscrições para o Muticom serão encerradas em 3 de julho

Faltam cerca de duas semanas para o término das inscrições para o 7° Mutirão Brasileiro de Comunicação. É importante que as pessoas se inscrevam o quanto antes no evento para poderem escolher as Oficinas de maior interesse. Algumas já estão lotadas.

As oficinas são aulas práticas, dinâmicas e temáticas, conduzidas por professor ou oficineiro, que acontecerão na parte da tarde. Pela primeira vez, neste Mutirão o participante poderá escolher entre quatro diferentes opções de oficinas.

As Gerenciais são Oficinas que trarão orientações a respeito de como administrar e organizar as atividades pastorais, desde os grupos até eventos. Nas oficinas pastorais, os alunos terão a oportunidade de aprender mais sobre temas ligados à comunicação na Igreja. O foco nestas oficinas está em como fortalecer a evangelização nas comunidades.

Tem ainda as Oficinas Técnicas, que serão um espaço para o aprendizado de técnicas de comunicação. O conteúdo será transmitido de forma didática e participativa, para que o aluno reflita sobre como aplicar esse conhecimento na realidade de sua paróquia.

A grande novidade são as Oficinas Visitas, que, além de proporcionarem que o aluno conheça um pouco mais o Rio de Janeiro, estão focadas em veículos ou espaços de comunicação que existem na cidade. As opções incluem desde o Projac ou o Pólo de Cinema e Vídeo até os veículos de comunicação das favelas da Rocinha, Vidigal, Complexo da Maré e Complexo do Alemão.

Para fazer a inscrição no evento, o primeiro passo é acessar o site www.muticom.come fazer o cadastro. O site possui ainda um sistema de suporte on-line para quem tiver dúvidas poder consultar em tempo real.

Para a imprensa, o credenciamento se encerrará um pouco antes, no dia 31 de junho. Vale lembrar que ele autoriza as coberturas dos painéis I e II, além das programações cultural e litúrgica, porém não permite a participação em oficinas.

Com o tema ‘’Comunicação e vida: diversidade e mobilidades’’, o evento será entre os dias 17 e 22 de julho, no campus Gávea da PUC - Rio. O Mutirão tem como objetivo principal motivar as comunidades brasileiras a refletirem sobre a comunicação relacionada à vida cotidiana e à diversidade presente na cultura contemporânea. Os mutirões promovidos pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil buscam novas perspectivas sobre os meios e processos de comunicação, tanto na Igreja quanto na sociedade.

domingo, 19 de junho de 2011

Procissão encerra festejos de Santo Antônio

A Paróquia Santo Antônio dos Pobres no Centro do Rio, encerrou os festejos ao padroeiro no domingo, dia 19 de junho, com procissão. A caminhada começou na Matriz de Santo Antônio na Rua dos Inválidos às 16h30min. Na frente da procissão, veio o crucifixo e logo atrás as bandeiras do Brasil, Portugal e Vaticano. Na sequência, carros levavam as imagens de Nossa Senhora de Fátima, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora dos Prazeres e Santo Antônio. Na frente da imagem do padroeiro, o Pároco Eduardo Henrique Braga conduzia a relíquia de Santo Antônio nas mãos. A primeira parada foi no Quartel Central do Corpo de Bombeiros no Campo de Santana, onde a procissão entrou e caminhou pelo pátio principal sendo recebida pelo Capelão da Corporação Sérgio Marcos Sá Ferreira que foi o antecessor de Padre Eduardo na Paróquia Santo Antônio dos Pobres. Os Padres Sérgio e Eduardo agradeceram aos Bombeiros e lembraram-se dos episódios ocorridos recentemente no Quartel Central, encerrando com a bênção aos Bombeiros com a relíquia de Santo Antônio. Mais adiante, a procissão parou no Hemorio na Rua Frei Caneca. Pessoas na janela acenavam e cantavam junto com a comunidade. Na Praça Cruz Vermelha, as pessoas internadas no Hospital do Câncer também foram até a janela para saudar Santo Antônio. Padre Eduardo abençoou todos os que passam pela dificuldade do câncer e pediu à Deus a cura do corpo e da alma para todos nossos irmãos enfermos. Na Avenida Henrique Valadares, foram espalhadas pétalas de rosas pela rua para a passagem da procissão. Muitas pessoas desceram dos prédios para fazerem suas orações. De volta à Igreja, foi celebrada pelos Padres Eduardo e Abdias Lopes, Pároco Emérito, Missa Solene da Santíssima Trindade e de encerramento dos festejos do padroeiro. Ao final, o padre agradeceu a presença de todos que participaram de diversas formas desses dias de festa e encerrou a celebração com a bênção final.

A seguir, o vídeo com pequenos flashes da procissão e fotos:


*COLABORAÇÃO: Ariel Carvalho e Cássia Rodrigues

Translate